Com a sua 7ª participação no MIUT e utilizador de Suunto há 6 anos, Armando Teixeira, atleta Prozis Xtrail Team equiped by Berg Outdoor, falou um pouco sobre o modo como vai utilizar o seu Suunto Spartan Ultra na prova.

suunto_miut

Com a sua 7ª participação no MIUT e utilizador de Suunto há 6 anos, Armando Teixeira, atleta Prozis Xtrail Team equiped by Berg Outdoor, falou um pouco sobre o modo como vai utilizar o seu Suunto Spartan Ultra na prova.

Q: Qual será o modo que irás utilizar durante a prova ?
A: Vou utilizar o modo Trail Running de uma forma personalizada, ou seja, dentro de um desporto já pre-definido nas configurações do movescount (Trail Running) optei por ajustar às minhas necessidades.
Será composto por 4 ecrãs com as seguintes características
1º ecrã - Altitude, frequência cardíaca, e distância
2º ecrã - Subida, distância, frequência cardíaca, tempo de prova
3ª ecrã - Velocidade média, velocidade actual, frequência cardíaca média, distância
4º ecrã - Navegação / Rasto

Q: Se pudesses escolher apenas um ecrã, qual seria a informação mais importante ?
A: Como tenho o habito de estudar o perfil da prova e saber os pontos mais importantes, como os abastecimentos e altimetria da prova escolheria: Altitude, FC e Distância.
A altitude aliada à frequência cardíaca e à distância conseguem dar-me os elementos básicos necessários para o desenrolar de todo o meu planeamento de prova.

Q: Vais carregar o percurso no relógio ?
A: Tenho sempre esse hábito, seja por marcações ou condições meteorológicas adversas, com o percurso introduzido consigo sempre corrigir qualquer desvio do mesmo. Não irá estar sempre no modo activo, em navegação, mas quando pretender utilizar ele está disponível.

Q: Dás preferência à autonomia ou precisão ?
A: À precisão, saber onde me encontro e a que altitude, são pontos importantes enquanto indicadores do meu planeamento. A autonomia claro que conta, mas como apenas utilizo o modo navegação, em casos extremos, essa opção deixa de ser válida quando não obtenho a precisão.

Q: Vais utilizar a banda de frequência cardíaca
A: Sim, faz parte do meu planeamento de prova as leituras FC

Q: Com ou sem GLONASS ?
A: Neste caso irei utilizar o Glonass visto que a Madeira é um local com muitas escarpas este sistema ajuda a diminuir o erro de localização feito apenas pelo GPS.

Q: Tens mais algumas definições que irás optar ?
A: Sim, retiro as vibrações, avisos sonoros e notificações (smartphone). Utilizo um Auto-lap a cada 10km